sábado, 19 de novembro de 2016

[Coleção Negra] Sangue do Céu

Sangue do Céu - Marcello Fois


Sinopse


Nuoro, Itália, 1899. Fillipo Tanchis, acusado de homicídio, põe fim a sua própria vida em sua cela na prisão. Mas será que o jovem realmente se matou? Ou alguém teria achado melhor calá-lo para sempre?

Primeiro um homicídio, depois um suicídio. E o personagem central dos crimes, Filippo, é um rapaz com distúrbios mentais, que sonhava ser militar e passava o tempo esculpindo soldadinhos em madeira.

Um caso muito difícil de resolver, que levará o advogado Bustianu a se confrontar com suas certezas e fragilidades. E para agravar a situação, uma chuva insistente e teimosa não lhe dará trégua. Uma chuva que só irá parar quando a investigação se concluir.

A terceira aventura do peculiar advogado e poeta Bustianu - presente nos livros Sempre caro e O outro mundo - apresenta a cor turva de sangue, a consistência da chuva que cai sobre uma natureza e uma paisagem sempre encharcadas. No compasso de um coração alterado, o livro é pulsado pelo medo e pelo amor.

Minha Opinião 


Sangue do Céu é um livro policial denso, voltado exclusivamente para a persona do "investigador", deixando meio de lado, inclusive, o crime e sua resolução.

Bustianu é atormentado, tanto pelo crime, quanto pela sua consciência, incessantemente. Tanto que, a chuva insistente serve de alegoria para a formação do personagem.

Praticamente o livro inteiro gira em torno dos tormentos do advogado. A trama principal do crime e sua resolução são assuntos secundários. É interessante esse tipo de construção.

Contudo, para mim, não funcionou. Achei que a chuva (e o livro!) não ia acabar nunca. Eu achei o recurso da chuva interessantíssimo, mas só ele foi desenvolvido na história. Todo o resto foi deixado de lado.

A resolução do crime é bem simples, beirando o óbvio se você parar pra pensar.

Eu pretendo dar outra chance pro autor, quem sabe uma outra obra dele né? Pois essa realmente me decepcionou, afinal esperava mais foco na trama policial.

"Ofereço o meu silêncio à  hipótese de um amor. Clorinda é o meu segredo. Para ela o meu silêncio. Clorinda que pensa que seu sobrinho morreu assassinado e isso a faz dormir. E talvez a faça sonhar comigo.", página 110.

Sobre a Edição 


Assim como os demais livros da Coleção Negra, possui a identificação na capa da Coleção, mais ainda, da Série Especial Noir Europeu. Com imagens no início de cada capítulo, páginas amarelas e "orelhas".

É um livro fininho, 110 páginas, o que facilita a leitura, principalmente fora de casa! E essa capa é muito linda, bem Noir mesmo, adorei...

Curiosidade


Marcelo Fois foi vencedor do Prêmio Italo Calvino (para saber mais sobre o prêmio, clique aqui), em 1992.

É um livro curtinho, rapidinho você consegue terminar. Recomendo a leitura, mas entre sabendo do que se trata, e não crie grandes expectativas não.

0 comentários:

Postar um comentário