domingo, 5 de julho de 2015

Saga A Seleção

Saga "A SELEÇÃO" - Kiera Cass





A saga foi inicialmente chamada de trilogia "A SELEÇÃO", mas logo depois surgiu mais um livro da autora Kiera Cass (que escreveu os três primeiros) dando continuação à saga,sendo esta dividida em:

"A SELEÇÃO"
"A ELITE"
"A ESCOLHA"
"A HERDEIRA"

Neste post, trataremos apenas dos três primeiros... Vamos lá!


A SELEÇÃO






SINOPSE


"Não queria ser da realeza.
Não queria ser um.
não queria  nem tentar.
"

Nem todas as garotas querem ser princesas.America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela,desejaria apenas ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto.

Um dia, America topa se inscrever na seleção só para agradar a mães, certa de que não será sorteada para participar da competição em que  o príncipe escolherá sua futura esposa. Mas é claro que seu nome aparece na lista de selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma...

" - Meri!Eu me virei.Reconheceria aquela voz em qualquer lugar.- America!Logo vi Aspen no meio da multidão, agitando desesperadamente os braços.Ele avançava aos empurrões entre as pessoas, que reclamavam de seus modos pouco educados.Nossos olhos se encontraram.Ele parou e me olhou fixamente.Eu não conseguia entender o que seu rosto queria transmitir.Preocupação? Arrependimento? De qualquer modo, era tarde demais. Dei de ombros. Estava cansada dos joguinhos dele." pág65


Resenha


Vamos comentar sobre o primeiro volume, o que faz jus à citação em azul.

"A SELEÇÃO" é um livro maravilhoso, contado em 266 páginas de muita emoção.

Kiera Cass é simplesmente muito boa com as palavras, sabe dosar muito bem humor e sentimentalismo, além do que, é excelente com questões tais como justiça, caráter e moral.

America é uma jovem de 17 anos, linda e muito talentosa. Em sua província em Illéia, era pertencente à casta cinco (casta dos artistas) e isso não a colocava em boa posição socioeconômica, tendo em vista a exorbitante desigualdade naquela nação.

Surge então uma grande oportunidade para América mudar de vida e se tornar uma um, uma pertence à família real e levar consigo sua família, pois o rei da nação já estava de idade avançada e com os inúmero conflitos no país, a qualquer momento, Maxon, seu filho, assumiria o reinado e para isso precisaria ter uma esposa.

A seleção servirá para que o príncipe escolha uma esposa entre algumas garotas da nação, é claro que não será nada fácil, mas ele está disposto a encontrar sua princesa entre as meninas das diferentes castas e mesmo parecendo difícil, ele realmente espera ama-la e ser feliz.

América recebeu um convite para participar da seleção, mas ela nem sequer cogita essa ideia, pois seu coração já tem dono, mesmo que ninguém saiba.

Ela namora em segredo com um rapaz de uma casta abaixo da sua e por isso não pode revelar isso a ninguém, não agora, pois o plano dos dois é juntar dinheiro para casarem e viverem felizes, mesmo que sua família não entenda de início.

Sua mãe estava alegre com a notícia que poderia mudar suas vidas e tinha certeza que sua filha America seria uma ótima princesa, e, é claro que o príncipe a escolheria.

America aceitou participar da seleção, em acordo com Aspen,seu namorado, pois ela sabia que não seria escolhida, mas sua mãe não poderia culpá-la por isso, então ela casaria com Aspen;Além disso, se ela aceitasse ao menos participar da seleção,o dinheiro de seus shows seria seu e essa era uma boa oportunidade para juntar dinheiro para seu casamento.

Mas tudo muda quando Aspen termina com ela, ali na casinha da árvore, na noite em que ela lhe preparou um banquete para comemorar o possível casamento que em breve viria a tona.

Aspen não aceitava que, America estando uma casta a cima da sua, lhe alimentasse, não aceitava não poder pagá-la por cantar para ele e jamais aceitaria que ela descesse de casta e se tornasse uma seis... Ele  a amava demais para aceitar isso.

Aquilo partiu o coração de America, seu mundo desmoronou e em poucos dias descobriu que seu nome foi escolhido para a seleção.

De repente, aquilo que America não queria se tornou uma saída na tentativa de esquecer o homem que lhe abandonara...então ela vai para o Palácio onde conhece Maxon.

A princípio seu objetivo era permanecer na seleção em troca de sua família receber uma bolsa em dinheiro, o que seria uma grande ajuda, além de ter uma tempo para pensar em si e esquecer Aspen...

Mas de repente, Aspen surge no palácio, agora ele serve como guarda real e aquele sentimento que America tentava empurrar para longe, ressurge fazendo tudo ficar ainda mais difícil, pois ela havia conquistado o coração de Maxon, ou pelo menos era o que a maioria dizia... e, de certa forma ela já estava meio envolvida com aquele lindo homem, o homem que realmente se importava com ela.

É dividida entre esse dois Homens que America segue na seleção.

Lá, é função de Maxon escolher uma esposa entre tantas candidatas, mas o que ninguém de fora sabe é que em segredo America possui sua própria seleção...

A seleção segue diminuindo o número de candidatas e aumentando o número de revoltas e ataques ao governo.

A experiência de quem está lendo o primeiro é maravilhosa e com certeza a sensação que se tem é de que os próximos volumes serão ainda melhores...e realmente são.


A ELITE





SINOPSE


"Não seria capaz de ser princesa.Não queria abandonar Aspen. Não sabia o que fazer."

A seleção começou com 35 garotas.Agora,restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa.Os momentos que passa com Maxon parecem contos de fada.Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protege-la,ela sente que é nele que está seu conforto.

America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com seu futuro, perdida em sua indecisão,o resto da elite sabe exatamente o que quer e ela está prestes a perder a chance de escolher. 

"Como havia sentido falta desses beijos, tão serenos, tão certos.Eu sabia que em toda minha vida,se me casasse com Aspen ou com outra pessoa,ninguém me faria sentir assim. Não era como se minha presença fizesse o mundo dele mais feliz.A sensação que eu tinha era ser o mundo dele. Não havia explosões.Não havia fogos de artifício.Era uma chama lenta,queimando de dentro para fora." pag. 239

Resenha


Com o grande número de ataques ao palácio e protestos do povo pelo fim da seleção, a elite agora só conta com seis finalistas e a competição estava cada vez mais impossível para America que, tinha que suportar as afrontas de Celeste e,agora já contava com o ódio do rei, sobretudo depois do episódio de Marlee (a melhor amiga de America fora pega com um guarda e ambos foram castigados pela família real e isso despertou o espírito protetor de America que, lutou, gritou e fez o maior escândalo para que aquele sofrimento tivesse fim), do outro lado, porém, ela conta com o apoio do povo das castas menores e até mesmo com alguns revoltantes nortistas.

America é autentica e tem muita garra para lutar pelo povo de sua nação, no entanto ela não sabe se de fato quer ser uma princesa, aliás,  ela nem sabe se é capaz de ocupar esse cargo.

Com relação aos sentimentos de America...Bom, depois que Aspen surge no palácio, trabalhando como guarda, tudo que ela havia empurrado para o mais íntimo de seu coração por ele, reaparece e agora parece mais forte do que nunca, pelo menos nos primeiros dias.

Mas, e  Maxon ?O que estava acontecendo entre eles? por acaso, ele não demonstrava ser ela sua favorita? e ela não estava se apaixonando por ele?

Nos últimos dias de competição ocorreram muitas invasões ao palácio e fora dele.O mundo lá fora queria uma resposta e, essa resposta também dependia de America...Aspen ou Maxon? até quando isso dependeria dela?

Uma outra garota da competição também estava ganhando atenção de Maxon e aquilo deixava o coração de America apertado e, por último ela já não seria mais aceita naquele lugar, não depois de ter afrontado o rei como ela fez... America está a um passo de ser expulsa do palácio e a história fica cada vez mais interessante.

É impossível não querer saber o desfecho da seleção.



A ESCOLHA









SINOPSE


"Estava cansada da competição.Precisa terminar de vez com Aspen.Lutaria por Maxon."

Quando foi sorteada para participar da seleção, America não imaginava que chegaria tão perto da coroa nem do coração do príncipe Maxon. Com o fim do concurso cada vez mais próximo, e as ameaças rebeldes ao palácio ainda mais devastadoras, ela se dá conta de tudo o que e está em risco e do quanto precisará lutar para  alcançar o futuro que deseja.

America já fez sua escolha, mas ainda há muitas outras em jogo...

Aspen, seu antigo namorado, terá de encarar o futuro longe dela.e Maxon precisa ter certeza dos sentimentos da garota antes de tomar a grande decisão, ou acabará  escolhendo outra concorrente.

Resenha


Já estamos preste a saber o desfecho da seleção, a competição é o assunto de maior polêmica na nação e, é também a causa de mais conflitos e invasões ao palácio.

A essa altura, America já causou tanta reviravoltas na nação e os rebeldes nortistas desejam mais que tudo, que seja ela a futura rainha, Ainda mais depois dela dizer que era a favor do fim das castas, depois de ela mostrar que não é uma garota mimada e mesquinha, depois de ela provar que se importa com os problemas sociais e não se curvar diante das diversas injustiças impostas pelo rei e seus conselheiros aos menos favorecidos.

Nesse último livro da trilogia, o leitor se envolve ainda mais  nessa trama bem armada da Kiera Cass, ocorrem muitos eventos que possivelmente tirarão um líquido quente e salgado dos olhos dos mais sensíveis, sobretudo quando se depararem com as cartas de Maxon, ou com o óbito de alguns personagens...ou mesmo quando é notória  a dor da perda sentida por America ao ver o príncipe ensanguentado se  despedir dizendo que a ama

"_ pode partir meu coração.mil vezes, se desejar.sempre foi seu para machucar como quiser/ _ Amarei você até o ultimo suspiro.cada batida do meu coração é sua.não quero morrer sem sem que você saiba disso."_Maxon; pág 237

Para finalizar a trilogia, a autora não poderia ser mais justa, pois o final é maravilhoso(eu mesma torcia para isso  e confesso que muitas vezes fiquei aflita e temendo que algo desse errado...hahaha É mania de leitor)
Espero que vocês gostem da dica.Aqui vai outra frase comovente desse homem lindo e... Sonho de consumo de qualquer mulher:

"_ America _ Maxon disse com doçura, me obrigando a secar os olhos e encará-lo ,_ Sei que você vê um rei aqui, mas me permita ser claro: Isto não é uma ordem.É um pedido, uma súplica.Eu imploro: Faça de mim o homem mais feliz do mundo. Por favor, me dê a honra de ser minha esposa." _ Maxon/ pág 251

EXTRA


Além da seleção (três livros) A autora escreve também a Herdeira, o livro no qual a filha mais velha do casal America e Maxon escolherá um príncipe por meio da seleção. 

Para quem leu e quis mais...eis uma ótima dica!

Boa leitura!

0 comentários:

Postar um comentário