domingo, 10 de maio de 2015

Não Conte a Ninguém

Não Conte a Ninguém - Harlan Coben



Sinopse


Há oito anos, enquanto comemoravam o aniversário de seu primeiro beijo beijo, o Dr. David Beck e sua esposa, Elizabeth, sofreram um terrível ataque. Ele foi golpeado e caiu no lago, inconsciente. Ela foi raptada e brutalmente assassinada por um serial killer.

O caso volta à tona quando a polícia encontra dois corpos enterrados perto do local do crime, junto com o taco de beisebol usado para nocautear David. Ao mesmo tempo, o médico recebe um misterioso e-mail, que, aparentemente, só pode ter sido enviado por sua esposa.

Esses novos fatos fazer ressurgir inúmeras perguntas sem resposta: Como David conseguiu sair do lago? Elizabeth está viva? E, se estiver, de quem era o corpo enterrado oito anos antes? Por que ela demorou tanto para entrar em contato com o marido?

Na mira do FBI como principal suspeito da morte da esposa e caçado por um perigosíssimo assassino de aluguel, David Beck contará apenas com o apoio de sua melhor amiga, a modelo Shauna, da célebre advogada Hester Crimstein e de um traficante de drogas para descobrir toda a verdade e provar sua inocência.


Resenha


Esse foi meu primeiro lido do Harlan Coben que eu li. Confesso que no início achei que seria um livro comum, sem nada excepcional. E, quando acabei, percebi que me enganei completamente!

David Beck, um médico [pediatra] na clínica de Washington Heights, perdeu sua esposa, Elizabeth, em uma tragédia violentíssima há cerca de oito anos atrás (8 anos antes do tempo da narrativa da história). Não foi fácil para ele lidar com isso. Ele sequer havia superado completamente esse trauma.

"Havia a minha vida antes da tragédia. Existe a minha vida agora. As duas tem dolorosamente pouco em comum." David Beck, página 7.
A data do "aniversário" da tragédia estava próxima, e isso sempre trouxe lembranças ruins à vida de David. Contudo, nesse ano as coisas seriam diferente. Ele recebeu um e-mail que mudou toda a sua vida, literalmente. 

Utilizando códigos que somente ele e Elizabeth conheceriam, a mensagem abriu diversas possibilidades (e por que não esperanças?) na mente de David. Porém, não foi somente na vida dele que as coisas mudaram. Homens perigosos, e poderosos, começaram a se mover para solucionar um problema em aberto há oito anos atrás.

Até a página 100, mais ou menos, a leitura fluía bem, agradável. Depois disso, ela passou a fluir freneticamente. Simplesmente não consegui parar de ler, tanto que li as outras 150 páginas direto, sem pausas.

O livro é repleto de reviravoltas, desde as mais básicas até aquelas que te deixam de queixo caído e levam um tempinho para você assimilá-las. E, sem exageros, essas surpresas estão até na última página do livro!

Beck passa por diversas situações extremas (para um pediatra comum, que tinha uma vida normal). Desde perseguições e lutas corporais, até a tortura. 

"As pessoas costumavam dizer que este é um mundo cão. Mas elas não tem ideia de até onde a maldade pode chegar". David Beck, página 163.

Descobrindo sobre corrupções, chantagens e passados totalmente obscuros. Sempre ecoando a frase do primeiro e-mail, "Não conta a ninguém" (que é tão icônica que foi usada na capa/título do livro...), David se vê cercado de inimigos, sem ter com quem contar para solucionar todas suas dúvidas. Se não fosse por Shauna, ele não teria conseguido ir tão longe. Claro que outras pessoas ajudaram, mas não vale a pena mencioná-las, senão estragará a surpresa rsrsrs...

Mas adianto que a "saga" de David é árdua e empolgante. Repleta de personagens secundários que fazem muita diferença no desenrolar da trama, Não conta a ninguém prende o leitor até o final em vários acontecimentos que culminam em um final emocionante.


Sobre a Edição


Nessa edição da editora Sextante, temos o livro com "orelhas" e páginas "amarelas". A capa é bem legal, remetendo ao local onde a "tragédia" ocorreu.

Meu exemplar foi adquirido em um sebo local. Sendo um livro usado, infelizmente ele não estava em bom estado (por isso paguei um preço irresistível). Portanto, vale ressaltar, cuide de seus livros, mesmo que tenha a intenção de vendê-los após certo tempo (para saber mais sobre dicas de conservação, clique aqui).

A sinopse do livro me incomodou um pouco, por achar que ela revela mais do que deveria (pouca coisa, mas revela...). Mesmo assim, não prejudica na leitura, de forma alguma.


Tenham uma ótima leitura. E se já tiver lido essa bela obra, deixe nos comentários suas impressões. Ah, deixe também dicas de outros livros do Harlan, prometo não contar a ninguém, rsrsrsrsrs...

2 comentários:

  1. Respostas
    1. É ótimo mesmo né? Lembro que do meio pro fim não conseguia mais parar de ler por muito tempo, tinha que saber o que ia acontecer rsrsrsrs
      :)

      Excluir