quarta-feira, 11 de março de 2015

Box: O Iluminado + Doutor Sono (REDRUM)

O Iluminado + Doutor Sono - Stephen King





1 - O Iluminado



Sinopse


Danny Torrance não é um menino comum. É capaz de ouvir pensamentos e transportar-se no tempo. Danny é iluminado. Será uma maldição ou uma benção? A resposta pode estar guardada na imponência assustadora do Hotel Overlook.

Quando Jack Torrance consegue o emprego de zelador no velho hotel, todos os problemas da família parecem estar solucionados. Não mais o desemprego e as noites de bebedeira. Não mais o sofrimento da esposa, Wendy. Tranquilidade e ar puro para o pequeno Danny se livrar das convulsões que assustam a família.

Só que o Overlook não é um hotel comum. O tempo se esqueceu de enterrar velhos ódios e de cicatrizar antigas feridas. O hotel é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança. É uma sentença de morte. E somente os poderes de Danny podem fazer frente à disseminação do mal. 

2 - Doutor Sono



Sinopse


Mais de trinta anos depois, Stephen King revela a seus leitores o que aconteceu a Danny Torrance, o garoto no centro de O Iluminado, depois de sua terrível experiência no Hotel Overlook. Em Doutor Sono, King dá continuidade a essa história, contando a vida de Dan, agora um homem de meia-idade, e Abra Stone, uma menina de 12 anos com um grande poder. Seus destinos se cruzam com uma tribo chamada Verdadeiro Nó, que viaja em trailers pelas rodovias da América. Eles parecem inofensivos - em sua maioria idosos, com roupas foras de moda, vivendo vidas nômades. Mas como Dan sabe, e Abra logo irá descobrir, o Verdadeiro Nó é um grupo quase imortal, que se alimenta de vapor exalado por crianças iluminadas quando são lentamente torturadas até a morte.


Resenha


Dessa vez vamos acompanhar a trajetória da família Torrance (em especial a trajetória de Daniel Anthony Torrance) que, ao "cruzarem" o caminho do Hotel Overlook, com todos seus habitantes (vivos ou não), descobrem e vivem acontecimentos que deixarão rastros na vida de Danny, sua mãe Wendy e seu pai Jack.

Em O Iluminado vemos um pai de família, Jack Torrance, sendo seduzido pelo seu [atual] grande  inimigo, o alcoolismo e seu outro irmão, a agressividade. Tendo aceitado o emprego de zelador do hotel no período de inverno, quando o hotel se esvazia por conta das grandes nevascas que ocorrem periodicamente na região.

Com os seus cento e dez quartos de hóspedes, o Overlook esconde segredos que deveriam ser esquecidos, enterrados. Logo antes de ficarem isolados, encontram Dick Halloran, o cozinheiro do Overlook. Halloran também é como Danny, especial. Dick explica a Danny o significado de seus "poderes", a Iluminação. Alerta também que o hotel não é tão seguro quanto dizem... Mas o que ele poderia esperar de um garoto, uma criança?

No passar dos meses, Jack retorna a escrever, Wendy retorna a acreditar na sobriedade do marido, e Danny descobre o que não deveria ser visto. Desse momento em diante vemos a mesclagem de Jack com os habitantes do hotel, de tal forma que todos passam a correr perigo.

Acompanhamos a luta pela sobrevivência da família Torrance ao frio, a solidão e ao Overlook. Mesmo com a ajuda do cozinheiro o Hotel tem mais poderes do que qualquer um poderia imaginar. Mas, com todos os perigos, existe (e sempre existirá) um "calcanhar de aquiles".

Sim, alguns sobrevivem, outros não, só lendo pra saber quem vive, quem morre e quem nem vive nem morre...

O mais destacável desse livro é a corrupção gradativa de Jack. O Overlook também surpreende. Não pela sua beleza, mas pela forma sedutora como se apresenta a quem deseja (e a forma assustadora a quem não deseja).

Vale ressaltar que não falaremos do filme do Kubrick, visto que são histórias essencialmente diferentes sobre o mesmo hotel.

Os rastros deixados pelo Overlook nos sobreviventes uniram-os, mas deixaram chagas que permanecerão por um bom tempo.

Em Doutor Sono vemos Danny (sim, ele sobreviveu...) trinta anos após o Overlook. Vemos também que os antigos demônios do pai resolveram não abandonar os Torrance. Danny também se tornou um alcolatra.

Aliás, seria difícil falar desses dois livros sem falar de alcoolismo. Mesmo com uma diferença de décadas entre a publicação dos livros, sem falar que ao escrever O Iluminado e Doutor Sono King tinha opiniões bem diferentes sobre a bebida e suas consequências. Talvez essa opinião tenha influenciado seus personagens, talvez não...

No segundo livro, Danny encontra uma garota, iluminada como ele, Abra Stone. Ou melhor, como o próprio Dan diz: "Eu sou uma lanterna e Abra é um farol". Além disso, Abra e Dan descobrem a existência de seres humanos que se alimentam da iluminação de garotos. Verdadeiro Nó , como são chamados esses seres, descobre a existência de Abra, e apartir de então começa uma "batalha", onde o mais forte sobrevive... Não, não o mais forte, mas talvez uma série de fatores externos (e até hereditários) e internos. Não se trata de força, somente. Quando se trata de "Questões de vida e morte" os Torrance tem algo que os diferencia dos demais, algo que os torna perigosos.

Foi bom dar continuidade a vida de Dan, muitas coisas foram esclarecidas e outras descobertas com esse segundo volume (Projeção Astral, por exemplo). E outras coisas continuaram sem explicação, afinal não dá pra se compreender tudo mesmo.

E, como diria Jake Chambers, ou Danny Torrance:
"Existem outros mundos além deste"
, mundos onde a iluminação é latente, onde pistoleiros e magos coexistem, onde um carro ou um policial pode se tornar o maior dos seus pesadelos. Mas também existem mundos onde uma garota salva toda sua família de um grupo de assassinos ou um garoto salva várias pessoas de uma força sobrenatural. E mundos onde um final feliz é inalcançável. O mais surpreendente disso é que King cria tais mundos, ou melhor, King nos mostra como esses mundos são.

Se você gosta de uma boa história, de uma história bem contada e/ou de um bom livro, leia os dois livros, vale a pena.

0 comentários:

Postar um comentário