quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Laços Inseparáveis

Laços Inseparáveis - Emily Giffin



Sinopse


Marian Caldwell é uma produtora de televisão de 36 anos que vive seu sonho na cidade de Nova York,com uma carreira promissora e um relacionamento estável, ela convence todos, até a si mesma, de que sua vida está do jeito que ela quer.

No entanto, certa noite, Marian atende a porta...e encontra Kirby Rose, uma garota de 18 anos com a chave para o passado que Marian pensava ter resolvido para sempre. Desde o momento que Kirby aparece em sua porta,o mundo perfeitamente construído de Marian (e sua real identidade) é investigada até o fim,fazendo ressurgir fantasmas e memórias de uma paixão adolescente que ameaça tudo que a define.

Para a precoce e determinada Kirby, o encontro estimulará um processo de descoberta que fará acelerar seu amadurecimento para a fase adulta, forçando-a a reavaliar sua família e o futuro por meio de uma visão sábia e doce.

Conforme as duas mulheres embarcam em uma jornada para encontrar o que falta em suas vidas ,cada uma reconhecerá que o lugar a qual pertencemos é onde menos esperamos nos encontrar, um lugar que tentamos esquecer, mas do qual o coração se lembrará eternamente.


Resenha


Giffin presenteia o leitor com uma história incrível(acredito que só de ler sinopse já se pode imaginar),sobre um casal de adolescentes (não sei se posso assim descreve-los, pois a mocinha já tem dezoito anos) que vivem um romance às escondidas e diga-se de passagem, sem compromisso, afinal ela irá em breve para a faculdade e ele provavelmente não, o que os obrigará a seguirem caminhos diferentes e isso será inevitável.

Um romance entre uma menina rica e sonhadora e um rapaz sem muitas aquisições/perspectivas com prazo para acabar e por isso está sendo vivido intensamente.(carpe diem! \0/ ) Até que o inesperado acontece e muda totalmente a vida dela, para sempre!

Mais uma vez Giffin coloca a temática "escolhas" em suas obras. Isso mesmo! escolher o que fazer...
Ela é apenas "uma criança". Ele não sabe de nada (e nem saberá)...Contar para sua melhor amiga?(não ela não sabe de nada até agora)... Eles se preveniram (mas isso não é 100% seguro)... Ele vai apoia-la (mas ela é egoísta demais, não vai querer perder a faculdade, os sonhos e muito menos decepcionar seu pai)... Ela já sabe o que fazer (ela termina com ele e esconde a verdade)

Marian agora é uma mulher com uma vida incrível,tem um relacionamento bom e um emprego maravilhoso em Nova York.

Todos acreditam que ela é quem demonstra ser, uma mulher segura e transparente.Realidade que muda no momento em que Kirby surge inesperadamente em seu luxoso apartamento, trazendo à memória daquela mulher os últimos dezoito anos de sua vida, ou melhor, seus últimos dias em Chicago antes de ir para a faculdade. antes de romper o namoro (se é que podemos chamar aquilo de namoro) com Conrad e deixar para trás tudo o que viveram, decidindo abrir mão do fruto que eles plantaram juntos e preferindo ficar com a vida que seus pais e ela  sempre sonhou para si.

A partir de então a trama segue carregada de emoções, estimulando o leitor a repensar no sentido de muitas coisa da vida. Para os fãs de Emily tem uma surpresa ,encontramos Jass e Claudia mais  Ben, o casal protagonista do livro anterior a este (Uma Prova de Amor).



  *Nota Pessoal

Emily Giffin é uma escritora fantástica e isso é comprovado através do sucesso que ela faz a cada novo romance lançado.

Assim como os demais livros da autora,este me fascinou,pelo fato de Emily usar temas tão corriqueiros e conseguir dá a eles algo que faça o leitor não somente ler seus livros sem parar, mas também algo que os fazem pensar na vida com visões diferentes.

Em "laços inseparáveis" o leitor terá vários pontos de vistas sobre temas como: Gravidez na adolescência e escolhas tais como abortar, ter o bebê e parar no tempo ou adoção e mostrará também os impactos dessas escolhas e o que fazer para tentar reparar os erros do passado quando se atinge a maturidade.

Fica aqui mais uma dica de leitura.

Espero que gostem!

0 comentários:

Postar um comentário