sábado, 27 de dezembro de 2014

Um Porto Seguro

Um Porto Seguro - Nicholas Sparks




Sinopse


Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas... e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

Resenha



Nicholas Sparks traz em seu maravilhoso romance “um porto seguro” uma mistura de mistério e paixão.

A chegada de Katie em Southport não passou despercebida por Alex, um jovem viúvo, pai de um casal de filhos encantadores.

Isso talvez tenha ocorrido pelo fato de Kristen a filha de Alex ter feito amizade com ela ou por ela ter conseguido ver que Josh corria perigo e evitado uma tragédia ainda pior na vida do Viúvo Alex. O fato é que de alguma forma as vidas de Katie e Alex estavam  interligadas.

Katie era uma mulher muito bonita e atraente, muito embora não estivesse passando por bons momentos de sua vida, o que a deixou visivelmente quase caquética (pelo menos nas primeiras semanas de sua chegada), mas ainda assim era linda. Ela havia mudado repentinamente para uma pequena cidade, ido trabalhar em um restaurante e morar em um casebre modesto.

Quem era aquela linda mulher? De onde ela veio? Por que veio para essa cidade tão pequena? Qual a sua história? Essas foram algumas perguntas que surgiram na cabeça de Alex a partir do momento em que ele começou a pensar nela mais do que o comum, mais do que pensava em seus outros clientes (ele era dono de uma loja de conveniência na qual ela sempre fazia suas compras).

Katie não estava disposta a se relacionar com nenhum homem daquela cidade e isso estava bem claro, o motivo seria o passado misterioso, seus traumas e o medo que lhe acompanhava.

O tempo foi passando e era como se os laços entre ela e Alex estivessem mais fortes. Ele se dera conta de que a amava (como sua esposa falecida lhe dissera antes de morrer, ela disse que ele deveria voltar a amar e ser feliz), Katie também percebera que o amava, mas não estava disposta a levar aquele relacionamento à diante.

A partir desse momento a história segue cada vez mais curiosa e cheia de descobertas incríveis. Então conhecemos parte do passado de Katie e nos aventuramos em uma fascinante máquina humana que é ”a cabeça de Kevin”. Isso mesmo! Kevin é um homem de uma personalidade muito curiosa e seu pensamento são bastante intrigantes, assim como sua inteligência e persistência e então algumas coisas começam a fazer sentido, sobretudo quando se descobre como Katie conseguiu chegar a Southport.

Sparks consegue prender o leitor nesse maravilhoso emaranhado de acontecimentos, nesse turbilhão de pensamentos que é a cabeça de um homem possessivo e insano; Nessa caixinha de emoções que tem sido a vida de Katie e, sobretudo no amor verdadeiro de um homem que decide dá uma segunda chance para si mesmo e para seus filhos, o que faz com que fiquemos cada vez mais curiosos e ansiosos pelo desfecho da trama. Há momentos muito emocionantes (talvez você sinta uma coisa molhada e salgada escorrer pelo seu rosto). Para os leitores que vivem os acontecimentos como se fossem os personagens só digo uma coisa; haja adrenalina!


 A trama é maravilhosa! Fica aqui a nossa dica “um porto seguro do Nicholas Sparks”.

0 comentários:

Postar um comentário